20150606

Ninguém tem tempo pra nada

Quantas vezes não ouvimos ao até mesmo já falamos "que não temos tempo". Fico até imaginando se o dia tem mesmo 24 horas, pois é tudo muito corrido, são tantas atividades para um único dia que não conseguimos dar conta, por quê?


A corrida não para. Mas muitas coisas roubam nosso tempo. Antes de ilustrar vou contar um fato: Um amigo executivo de uma multinacional me ligou agendando um almoço para conversarmos sobre o mercado, se rever, trocar ideias. Nada muito sério. Esta ligação aconteceu numa segunda-feira e marcamos para a quinta-feria desta mesma semana. Na quinta-feira ele me comunica que não poderá ir pois teve alguns imprevistos. E eu: OK! Reagendamos para a terça-feira. Na terça-feira ele me liga informando que terá um cliente às 11H o que atrasaria nosso encontro, então remarcamos para a sexta-feira (e passou uma semana). Na sexta-feira ele me envia uma mensagem alegando que não teria tempo para nosso almoço aí eu respondi o seguinte pra ele: "João" (Vou usar um nome fictício)
João, almoçar é uma atividade que faço todos os dias. É engraçado e torna-se viciante, todo dia você quer almoçar e por mais agitado, complicado e corrido eu sempre paro tudo (ou quase tudo) para desempenhar esta atividade. Ou seja, acredito que você também almoce diariamente, então quando for fazer isso apenas me diga onde. Se for na Zona Sul e eu estiver na Zona Norte ficará impossível, mas se estivermos no mesmo lado da cidade creio que dará certo, então pare de ficar remarcando e remarcando, se de fato quer conversar sobre negócios, sobre o mercado enfim, PRIORIZE isso e pronto!
Tempo é sinônimo de prioridade.


Para planejar bem o seu tempo, desenvolva o hábito de manter uma agenda diária, faça assim:
  • No começo do dia, escreva uma lista de tudo o que quer realizar. Faça desta sua primeira atividade, antes de qualquer coisa.
  • No final do dia, veja tudo o que conseguiu fazer e transfira para o dia seguinte o que não foi feito, definindo as metas e prioridades.

“O tempo perdido não se encontra nunca mais.”
                                                         Benjamin Franklin

Nenhum comentário:

Postar um comentário